Venderam-me castanhas podres

Dia 11 de novembro sem castanhas assadas ou cozidas não é dia de São Martinho e o Santo merece ser celebrado, até porque nos oferece uns dias mais quentinhos quando o outono começa a imitar o inverno. Mas eu tenho de reconsiderar a celebração, pois o supermercado, onde faço usualmente as compras, vendeu-me castanhas podres. Das 520 gramas que comprei metade é lixo.

Onde terá ido o supermercado comprar aquela estrumeira. Amanhã conto ir lá perguntar-lhe se não tem vergonha de enganar assim os clientes.

Em 520 gramas de castanhas estavam estas todas podres (Imagem: Desobrigado.com)

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑