Analfabetismo em Portugal – freguesias ao nível de Portugal 1950

Volto ao analfabetismo em Portugal. Conto insistir até saber que já cheguei a quem tem poder para mudar esta situação.

Ora vejam lá se não tenho razão. Temos freguesias em Portugal que, em 2011 (dados recolhidos nos últimos censos) apresentam taxas de analfabetismo próximas da média do país em 1950 (gráfico abaixo).

Imagem2

Fonte dos dados estatísticos: Instituto Nacional de Estatística (INE).

Então reparem. Em 1950 a taxa de analfabetismo (H/M) em Portugal era de 41,77%. No Alentejo, em São Barnabé (Almodôvar), em 2011, 33,53% dos seus 531 habitantes, com mais de 10 anos, não sabiam ler nem escrever. Centro, em 2011, em Casteleiro (Sabugal) 41,74% dos seus 365 habitantes, com mais de 10 anos, não sabiam ler nem escrever. Algarve, em 2011, Vaqueiro (Alcoutim) 32,64% dos seus 497 habitantes, com mais de 10 anos, não sabiam ler nem escrever. Norte, Ermelo (Arcos de Valdevez – hoje união de freguesias de São Jorge e Ermelo) 34,09% dos seus 92 habitantes, com mais de 10 anos, não sabiam ler nem escrever.

E não há que se interesse?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: