Subida dos nascimentos: sol de pouca dura

Hoje apeteceu-me voltar às estatísticas e lá encontrei, como sempre, motivos de regozijo mas também de preocupação.

Deixem-me dizer que no que toca a satisfação, ela fundamenta-se na inversão da tendência de descida da natalidade em Portugal, embora tenha sido sol de pouca dura. No ano de 2017  voltou a haver descida comparando com o ano de 2016 (gráfico abaixo) mas, mesmo assim, o número de nascimentos ainda foi superior ao do primeiro ano em que se inverteu a descida (2015).

A análise às estatísticos dos nascimentos levou-me a olhar um pouco mais para os números que lhes estão associados. A mortalidade infantil está ali no separador seguinte. Se fizermos uma leitura rápida dizemos que esta é baixa no nosso país. Os números que encontrei dizem-me que ainda é preocupante em Portugal. É a minha interpretação. A média de 2,6 mortos por mil nascimentos faz-se com números baixos e, também, com números  altos, mesmo muito altos.  Um dia destes volto a este assunto.

 

Nascimentos
Imagem: Desobrigado Fonte dos dados estatísticos: INE, estatísticas da população

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: