Lapso? Sim, só pode ser

O Expresso publica, mensalmente, uma sondagem sobre a intenção de voto dos portugueses. No jornal desta semana, que publica a sondagem do mês, aconteceu aquilo que se pode referir de um lapso de escrita ou de revisão.

Os resultados previsíveis de cada força política são publicados num quadro (representa os 100%), que é dividido em parcelas percentuais pelas forças políticas, conforme as intenções de voto em cada uma delas

No quadro estão identificadas as parcelas, com a respetiva percentagem, para o PSD, para o CDS e para o PAN. Estão lá mais três parcelas, com cores um pouco diferentes, mas não têm indicação das forças políticas que estão aí representadas nem as suas percentagens de intenção de voto.

No referido quadro encontra-se uma legenda, mas esta refere-se aos resultados globais. É verdade que no corpo da notícia está a informação, mas o quadro existe para simplificar a leitura.

Também deve ser outro lapso, mas há já alguns meses que a sondagem publicada não tem chamada de primeira página e costumava ter. Vá lá saber-se porquê? Sim, são opções editoriais, mas os leitores interpretam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: