INE – porque não vão lá?

Hoje é um daqueles dias em que os órgãos de comunicação social mais se repetem na informação e mais repetem a informação que já transmitiram no dia anterior e nos dias que o precederam. Porque será que não procuram informação útil e necessária às suas audiências? Mesmo que algumas dessas audiências não sintam essa necessidade.

Porque não experimentam chegar ao Instituto Nacional de Estatística, IP (INE)?

“O Instituto Nacional de Estatística, IP (INE) tem como missão produzir e divulgar informação estatística oficial de qualidade, promovendo a coordenação, o desenvolvimento e a divulgação da atividade estatística nacional” (transcrição da página da Internet, no separador O INE).

O que é dado a conhecer às pessoas, do manancial de informação que está disponível na página da Internet do INE, para as pessoas puderem formar e solidificar a sua opinião sobre os acontecimentos importantes da vida do país e não só? O crescimento económico (que rende grandes tratados expositivos a comentadores). O turismo. A taxa de desemprego. As exportações. Importações (nem se dá por isso). A dívida pública e pouco mais.

O INE tem tanta informação para ser noticiada. Não acreditam? Experimentem entrar no site, em: http://www.ine.pt e a “porta” fica quase toda aberta. Se as opções que dali se vislumbram não forem suficientes podem, sempre, “empurrar” mais um pouco e descobrem mais um mundo de informação.

Temos tantos canais de televisão, tantas rádios, tantos jornais e revistas em papel e on-line e, se repararem bem, estão todos a publicar as mesmas informações, ao mesmo tempo. São as regras do mercado? Não me parece. Isto deve ser caraterizado de outra forma. Então as pessoas fogem para as redes sociais. Pelo menos lá existe diversidade.

Então voltemos ao INE. Só como exemplo digo-vos que tem duas publicações mensais muito interessantes: o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas e o Boletim Mensal Estatístico. Cliquem em publicações. Percorram os documentos. Vejam como têm tanta informação interessante. Vejam como têm tanta informação que podia ser um pouco mais descodificada e dada a conhecer às pessoas. Para que as opiniões publicada e publica fossem mais qualificadas.

Ora veja o que o INE diz sobre informação: “A informação é um produto fundamental no exercício da cidadania, na atividade das empresas, no funcionamento dos Estados. A informação estatística, em especial, é hoje uma forma de conhecimento necessária à assunção de uma cidadania plena, imprescindível na tomada das decisões que fazem surgir e progredir as empresas, essencial ao enquadramento das políticas com que se governam as nações” (transcrição da página da Internet, no separador O INE).

Instituto_Nacional_de_Estatística_8885

Foto: Instituto Nacional de Estatística

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: