Antes de ser chocolate

Chocolate a doçura que nos delicia. Ou melhor, que delicia muitos de nós. Diz-se que em cada 10 pessoas nove gostam de chocolate e também se diz que a décima mente. A avaliar pela minha família, podemos acreditar que o que se diz é verdade. A décima pessoa mente.

Talvez a décima pessoa seja mesmo mentirosa. Talvez os adoradores de chocolate sejam preconceituosos e pensem que pessoa que é pessoa tem de gostar de chocolate. Talvez os adoradores de chocolate tenham razão e aquela décima pessoa seja mesmo mentirosa. Talvez, talvez…

Ou será que aquela décima pessoa gosta efetivamente de chocolate, mas não quer gostar, porque não gosta do que acontece antes do chocolate ser chocolate. Talvez não goste do processo que vai da sementeira dos cacaueiros até ao chocolate ser adorado.

Para saber a verdade teria de perguntar a todas as décimas pessoas se não gostam mesmo de chocolate. Tarefa impossível. Então vou examinar um pouco do que se passa nos campos dos cacaueiros. Infelizmente, principalmente para as crianças, facilmente fico a saber que muito do chocolate incorpora o trabalho das crianças.

Aqueles enormes e lindos frutos, pendurados nos cacaueiros, cheios de castanhas, que sobrecarregam as crianças até deixam de ser lindos quando se vêm imagens de crianças dobradas sob o seu peso. A Food and Agriculture Organization United Nation (FAO) publicou, em 2015, um guia com a intenção de ajudar a prevenir o trabalho infantil, a dado trecho está lá escrito “For about 100 million girls and boys, however, working in agriculture is not as benecial”.

No, ainda muito próximo, ano de 2016 o trabalho das crianças, no cacau, estava a aumentar. Escreveu-se sobre o Gana, sobre a costa do Marfim, mas, infelizmente, principalmente para as crianças, não deviam, não devem, estar sós.

Estava eu a lembrar-me de chocolate, porque sou uma das nove pessoas, em 10, que gostam de chocolate, e pensei “hoje vou escrever um texto doce”. vou escrever sobre chocolate. Mas antes do chocolate está o cacau. O cacau dá muito trabalho, principalmente a quem não devia trabalhar.

Pelo que muitos têm visto. Pelo que muitos têm escrito e fotografado. Há crianças dobradas sob o peso do cacau. Então aquela décima pessoa pode estar a protestar. Embora possa estar a mentir ou possa, simplesmente, não gostar de chocolate.

cacau, um menino

Foto: Wikipédia

cacaeiro frutos

Foto: Ceplac.gov.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: