Rio que corre em tempos de seca

INTERPRETANDO FOTOS

 

A colheita deste ano foi parca. O outono chegou, mas a chuva escasseia e o caudal do Rio continua tíbio. Montou-se um enigma frouxo. Cedo se percebeu que o mistério era mais uma revelação. Era quase claro que aguentaria as caneladas e até estava pronto para as retribuições.

Como já se decidiu e parece ter esperança que o outono e o inverno encham o Rio e lavem a poluição que tende a amontoar-se em períodos de seca, deixo-lhe aqui um conselho, que nem é meu, vi-o relembrado nas redes sociais e é assim:

“Você nunca vai chegar ao seu destino se parar e atirar pedras a cada cão que late” (Winston Churchill). Ele vai ser capaz?

Rio tejo
Imagem: JN

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: