Quando informação é confusão

Em tempos de Covid-19, as televisões devem ser ainda mais cuidadosas com as imagens com que ilustram as peças noticiosas. Se desadequadas podem falsear a notícia.

Aconteceu há dias, e não foi a primeira vez, estava a ver um noticiário quando passaram uma peça sobre a Comissão Europeia. O jornalista ia lendo a informação e passavam imagens de um encontro informal da presidente da Comissão com alguns políticos de diversos países da União. Estavam todos muito próximos e não havia quem usasse máscaras. Uma pessoa que estava sentada ao meu lado disse isto: “Assim é que eles dão o exemplo às outras pessoas? Olha como eles falam nas caras uns dos outros. Onde estão as máscaras e a distância de segurança?” Eu expliquei que eram imagens antigas, de quando ainda não havia esta doença e que a televisão as tinha ido buscar ao arquivo só para ilustrar a peça. Não devo ter sido muito convincente na explicação, porque o meu interlocutor olhou-me fixamente como que dizendo: não acredito. Saibam que não foi a primeira pessoa que me fez uma observação assim. 

Ora a televisão, neste caso era a RTP, podia colocar uma legenda indicando que eram imagens de arquivo. Já vi assim na SIC. Os bons exemplos devem ser seguidos para, pelo menos, não baralhar os cidadãos e no futuro não levar em erro os estudiosos do comportamento das pessoas em tempos desta pandemia.

Imagem: DGS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: