Os homens e as mulheres representados no Parlamento de Portugal. Qual paridade…

AS PALAVRAS EM PORTUGAL

Esta coisa da paridade entre homens e mulheres é um absurdo. Eu posso dizer isto, pois pertenço ao grupo que acredita que as melhores competências devem ser colocadas em lugares compatíveis e ponto final. Mas sei que quem tem o poder de decidir avalia outras nuances, como quem engravida, quem amamenta, quem leva os filhos ao médico e fica em casa quando eles estão doentes (mas aqui podem deixar-se enganar…).

Esta introdução serve para se ver que não me interessa se no Parlamento estão homens ou mulheres. Quero, sim, saber se representam capazmente as pessoas que os elegeram, mas os partidos políticos fizeram um grande alarido quando apresentaram as listas pelos respetivos círculos eleitorais e até apresentaram o trunfo da paridade entre homens e mulheres. Deixaram-me a pensar se assim seria.

Até ouvi uma declaração um pouco brejeira ao líder do PSD sobre o assunto. Dizia ele, cito de cor, as nossas listas têm tantos homens como mulheres e não é aquela coisa de homens por cima e mulheres por baixo, rematou com uma risada. Sim essa que nós todos já ouvimos.

Alguma coisa falhou. Contados os votos há mais 10% de lugares atribuídos a homens. Por lapso devem ter colocado, em algumas listas de alguns círculos eleitorais, os homens em primeiro lugar e, depois, só elegeram um… Não tiveram culpa… Vejam os gráficos que apresento abaixo.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: